quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Cheiro a lembrança!

O melhor de tudo é ter presente o cheiro bom de lembrança! Somente um colecionador de memórias, como eu, incorrigível, compreenderá ao certo o que me faz sentido. Sou feita de cheiros! Cheiro ao café moído pela minha avó, servido em caneca com bolachas de côco besuntadas em manteiga; cheiro a terra molhada, a chuva tropical; cheiro a cacau a secar na estufa, a banho de rio, a estrume de vaca; cheiro a mar, a livros; cheiro ao Senhor do Bonfim, a Coimbra; cheiro a Lisboa, a toalhitas Dodot, a sopa, a leite, a cocó de bebé; cheiro a desespero e a esperança; cheiro a milhares de cremes, a material de limpeza, a roupa lavada; cheiro a abraços, a beijos, a lágrimas, a sorrisos; cheiro a aeroporto, a chegadas, a partidas… cheiro a primos... cheiro a amor e a saudade! 

E assim, por onde passo, vou deixando e vou levando os diversos cheiros que me vão formando. O cheiro do lugar, das pessoas, o cheiro da vida, toda ela, impregnada de tantas vidas! 


2 comentários:

  1. Bonito fazer esta conotação dos cheiros com a vida. Feliz 2014.
    Maria Marçal - Porto Alegre - RS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria, muito obrigada por gostar de ler! Um ano feliz pra vc tbém, espero encontrá-la mais vezes por aqui ;) Beijinho pra vc e td família.

      Eliminar